quarta-feira, 19 de maio de 2010

quinta-feira, 13 de maio de 2010

É só promessas...

Prometer e não cumprir é próprio dessa cambada que nos desgoverna. Ora, nós estamos quase como eles!
E porquê? Perguntam "vocemeçês". 
Porque já vamos na 2ª nega a uma volta a que chamámos - Ronda dos Castelos.
A verdade é que tínhamos tudo preparado, sim, porque um evento desta envergadura exige uma grande logística e uma preparação com muitos meses de antecedência, quando de repente um dos elementos do grupo, o João Nuno, decide enfrentar um cedro atravessado no caminho e atirar-se ao chão. Resultado, um dedo fracturado! 
Como neste grupo somos do tipo "um por todos, todos por um", achámos por bem adiar o dito passeio até que o dedo esteja a preceito.


O pior disto e para quem não sabe, o João é professor de música e como tal não pode tocar, só canta e ao que parece a vizinhança e os alunos já estão a pensar num abaixo assinado, porque o homem não se cala.
Rápidas melhoras para o dedo!

domingo, 9 de maio de 2010

Bamboosero...

A Zambikes empresa sediada na Zâmbia criou bicicletas com o quadro construído em bambu. Nas ligações os fabricantes usam sisal e cola. Ecológica, esta bicla dá trabalho a muita gente, quer directamente, quer na plantação do bambu.
Existem vários modelos de Bambooseros com destaque para a estrada e btt. 
Mas para saber tudo sobre estas bikes, visite: http://www.bamboosero.com


sexta-feira, 7 de maio de 2010

Curiosidades...

Na volta do último domingo, onde só compareceram 2 elementos do grupo, a descoberta de caminhos alternativos a uma volta habitual foi a opção e apesar de passarmos nalguns sítios repetidas vezes, acabamos por não descortinar algumas curiosidades como esta...
"CARALIUM SECUM"! Este é o nome o Rio dos Mouros já por nós aqui referido algumas vezes e que é sem dúvida muito bonito com água, mas a verdade é que está mais tempo seco.
                                   

Mas, o nome em latim não é o que estão a pensar, a não ser que se dissesse " o cara... do rio está sempre seco" ou " o rio dos Mouros parece um cara... seco". Em latim CARALIUM SECUM, significa Rio dos Mouros!!! Ou seja os mouros eram tão maus ou fracos que os antigos deviam dizer: "Este rio está sempre seco, parece os mouros do cara..."!!!
A verdade é que o povo do Zambujal resolveu o problema da seca e para os mais sequiosos colocou à entrada da ponte esta banheira com água!
                                   

Foi sem duvida uma volta curiosa e cheia de cultura.