sábado, 28 de dezembro de 2013

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Espectacular...

Martyn Ashton faz coisas com uma bicla de estrada que só visto. Os seus vídeos são virais no youtube com milhões de visualizações.
Aqui fica um deles:


Neste video vemos os tralhos e falhas até o boneco ficar perfeito:

domingo, 22 de dezembro de 2013

Natal...

... e só eu, bebi o porto branco...


segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Mandela...

No dia em que o mundo está a prestar homenagem a MANDELA, também o PMC quis através deste blog fazê-lo.
Vivemos num tempo em que os bons exemplos são escassos. A competição, o poder, o protagonismo, o dinheiro e outros males sobrepõem-se a tudo o resto. O respeito, a solidariedade, a igualdade e a democracia, são palavras cada vez mais afastadas do nosso vocabulário. Os políticos corruptos, incompetentes, vendidos e sem escrúpulos, ao serviço dos grandes interesses (leia-se capital) intoxicam-nos com mentiras, roubam-nos e tudo fazem para nos subjugar e calar.
Nelson MANDELA “Madiba” era o oposto de tudo isto. O seu percurso de vida é um exemplo, que muitos dos que estão agora a prestar-lhe homenagem, nunca terão, nem querem ter, porque a ambição tomou conta deles. Muitos deles ou todos, a começar nos nossos (presidente da república e 1º ministro) são o exemplo daquilo que MANDELA mais abominava. Mas, os chacais são oportunistas e os “nossos” e todos os outros, fazem o que for preciso para ficarem bem na fotografia e ficarem com o seu bocadito de fama.
Se cada país tivesse um MANDELA, como o mundo seria diferente e mais justo. Infelizmente, para nosso mal, com ele essa esperança acabou. Fica o seu legado. O mundo ficou muito mais pobre.
Que descanse em paz…


terça-feira, 3 de dezembro de 2013

5ª MaratonaBTT Descoberta da Irmânia...

Cerca de duas centenas de betetistas participaram na 5ª edição da Descoberta da Irmânia, 10ª e última prova da taça regional de maratonas. O grupo Por Maus Caminhos esteve presente.
Rui Ventura nos 70 km e João Amaral nos 40 km representaram os PMC ao mais alto nível num traçado bastante divertido e rápido. 


João Amaral conquistou o pódio com um excelente 2º lugar na categoria promoção elite e Rui Ventura na 18ª posição em master B. Para o Rui, o resultado final poderia ter sido bem diferente, caso não houvesse tanta confusão com a federação e organização em relação à inscrição na prova, situação que já se tinha repetido anteriormente. Se tivesse sido inscrito na promoção, teria atingido a 1ª posição do pódio na sua categoria e completamente isolado do 2º classificado e assim terminar da melhor maneira uma época de competição.
                            




Finda a temporada competitiva, o balanço é bastante positivo para o PMC Rui Ventura, que fruto de muito esforço e dedicação conseguiu superar todas as expectativas, com a preciosa ajuda de João Amaral e Bikerun Trainer & Lifestyle.

Altura então de pausa até à nova época, para colocar novamente à prova a força dos PMC’s.

Assalto ao Caramulo...

Eram 8h da manhã quando mais de meia centena de soldados que incorporava o batalhão da Mealhada, saiu para o que seria mais uma dura batalha na serra do Caramulo. Frio e muito vento foram os principais inimigos dos valentes soldados. Com vários sargentos a comandar os diversos grupos, a progressão foi feita com alguma dificuldade devido às temperaturas baixas e condições do terreno.

 
O capitão Hernâni e o seu braço direito Tiago, foram uma mais-valia, com a distribuição de alimentos sólidos e líquidos em pontos estratégicos para o reforço de energias dos valentes soldados. 
Infelizmente nem todos conseguiram resistir às adversas condições, tendo havido algumas baixas no batalhão, mas sem o tornar mais débil.





Inimigo derrotado e objectivo conquistado pelo batalhão da Mealhada, era hora de preparar o regresso ao quartel-general.
Com muito ânimo pela batalha ganha, os soldados foram agrupados e por segurança, o regresso foi feito por fases, não houvesse mais uma investida do inimigo.



Três dos bravos soldados, do Por Maus Caminhos (os RANGERS do btt) Rui ventura, Vladimiro Casaleiro (agora de bigode) e Luís Fonseca, defenderam o flanco inicial, tendo percorrido todo o trilho, isto, para garantir a segurança dos restantes soldados que seguiram por um trajecto mais curto e menos penoso, por já estarem enfraquecidos da dura batalha.
Passadas 6h em alerta máximo, 91 km percorridos e 2675 metros de acumulado em subida, chegámos ao quartel-general.


Agora era tempo de sarar feridas, lembrar os soldados “perdidos” no campo de batalha e festejar a conquista, com o tradicional leitão assado e muito vinho.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Não andem de bicicleta, que faz mal...

Aqui ficam oito excelentes motivos para não andar de bicicleta. Retenham estes conselhos e sigam-nos à risca, quem fica  a ganhar é a vossa saúde!?!?

Todos sabemos que está na moda andar de bicicleta por várias razões, tanto económicas como físicas. As pessoas cada vez mais pedalam para o trabalho, por desporto, para confraternizar com os amigos e até para competir. Mas há também motivos fortes para não o fazer. Vejam a lista:
1. Pedalar torna as pessoas muito mais atraentes fisicamente. Sabemos muito bem que a determinada altura se torna aborrecido ser o centro das atenções, especialmente numa coisa que é difícil de reverter depois de conseguido.
2. Pedalar torna as pessoas mais saudáveis. Não é muito bonito andar a vender saúde nos dias de hoje, com todos os colegas do escritório a queixarem-se da obesidade, das varizes, da falta de ar entre outros… é quase ofensivo sermos o único com saúde no meio deles, arranje um problema de saúde e conviva mais com os seus colegas.
3. Pedalar faz as pessoas inevitavelmente mais felizes e aumenta a auto-estima. Num pais onde a venda de anti-depressivos aumentou consideravelmente nos últimos anos, e é o maior consumidor da UE dos mesmos, chegar ao trabalho a sorrir é quase como por um alvo nas costas, pior é que o sorriso tem tendência a ser constante durante o dia, não ofenda os seus colegas com alegria desnecessária.
4. Pedalar não gera impostos. A bicicleta não usa gasolina, diesel, ou GPL, não tem seguros obrigatórios, nem inspecções obrigatórias, a manutenção é ridiculamente baixa e não paga taxas de estacionamento. Num momento tão difícil em que o pais atravessa é muito egoísmo não contribuir com as carradas de impostos como as que os automóveis pagam. Contribua com muitos impostos, vá de carro, o pais agradece.
5. Pedalar irá prolongar a sua vida na velhice e com mais qualidade a nível de saúde e físico. O problema do pais é a sustentabilidade da Segurança Social por ter de pagar reformas até muito tarde, alem do mais ao envelhecer com mais saúde não irá deixar a reforma na farmácia todos os meses.
6. Pedalar dá má fama na vizinhança. Por mais que aumente a sua qualidade de vida financeira depois de abdicar do automóvel, os vizinhos nunca saberão, pensarão que é pobre. Esqueça essa ideia de viver bem e até poupar dinheiro para as alturas difíceis, compre um bom carro de alta cilindrada, mesmo que não tenha dinheiro para dar de comer aos seus filhos, os seus vizinhos pensarão sempre o melhor de si, o que se passa dentro de portas ninguém sabe.
7. Pedalar para o trabalho é entediante. Chegar sempre a horas, demorar sempre o mesmo tempo no trajecto casa-trabalho-casa é entediante. Todos nós sabemos como sabe bem passar 30, ou 45 minutos fechados dentro do carro a ouvir comerciais no meio de um engarrafamento, nunca saber a que horas chegaremos ao trabalho, ficar bloqueados por acidentes, trânsito inconstante e ainda ter de procurar o tão difícil lugar para estacionar o carro.
8. Pedalar tonifica o corpo. Rapidamente as suas amigas vão passar (espalhar) a mensagem de que esse corpinho tonificado, o desaparecimento da celulite e o sorriso constante no rosto se deve a um colossal investimento numa cirurgia estética e de que a bicicleta é apenas a tentativa de encobrir isso.

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Mais um assalto, mais uma nega...

Porra! E eu que queria assaltar o Caramulo este ano e logo havia de coincidir com as 24 horas de Fronteira em TT, prova a que não posso faltar, nem que chovam calhaus.
Temos pena! Mas, vou lá, nem que seja sózinho.
Do PMC, vamos ter uma ou talvez duas presenças.
Os que fizerem este assalto recordem os bombeiros falecidos durante o combate aos incêndios deste verão.



segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Pedalar aos 83 anos...

João Correia, (Ti João dos Escalos) 83 anos, vive em Escalos de Baixo, próximo de Castelo Branco e faz mais de 250 kms por semana. O grupo de ciclo turismo do lugar homenageia o ciclista com um passeio "As voltas do Ti João" ao qual a RTP dedicou uma peça no noticiário da manhã. 
Sem dúvida um exemplo de força de vontade e dedicação e que mostra que velhos são os trapos e o sofá e a televisão não são opção para os mais velhos e muito menos para os novos.
O Sr João só bebe água e sumo durante as suas actividades desportivas e é homem sem vícios. A enxada com que se entretém no quintal dá-lhe mais dores de costas que a bicicleta.
O Ti João quer pedalar até aos 100 anos.
Um exemplo a seguir por todos!

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Freestyle em cadeira de rodas...

Aaron "Wheelz" Fotheringham, deficiente, consegue fazer coisas extraordinárias numa cadeira de rodas. Vejam o video até ao fim. O salto na rampa assusta. Força de vontade e um incentivo para os medrosos.

domingo, 17 de novembro de 2013

BTT para deficientes...

Agora as pessoas com deficiência fisica ao nível dos membros inferiores, já podem praticar btt. A Sport On criou as "handcycle" em duas versões: Explorer e XCR e que permitem grandes aventuras em particular freeride e até andar em percursos de downhill.
O nível de construção é bastante elaborado, em particular a frente, quer na direcção, quer nos braços de suspensão de triângulos sobrepostos. O equipamento é também de topo. O preço é o mais negativo, a Explorer custa 7.230€ e a XCR 4.060€. Para os que puderem a diversão e a adrenalina compensam o esforço monetário. Mais informação em: http://www.offroadhandcycle.com/
Video:

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

App Orux Maps...

Testámos o Orux Maps de longe a aplicação mais completa. Funcionalidades a perder de vista e a exigirem alguma paciência para as podermos utilizar na perfeição.
Leve, em português e de registo preciso. Os resultados das voltas são completos e podemos obter diversas informações (estatísticas). Muito bom.
Nota: 4,8.





sábado, 9 de novembro de 2013

Groningen, a cidade das bicicletas...

Groningen é uma cidade universitária histórica no norte da Holanda, onde a bicicleta é rainha. Num dos países mais amigos das duas rodas do mundo, Groningen consegue destacar-se, com as suas 300 mil bicicletas para 75 mil carros.
Com estes números não é de estranhar, por isso, que mais de 50% das viagens da cidade sejam feitas de bicicleta, o meio de transporte favorito dos seus 190 mil habitantes.
A cidade começou a sua história velocípede em 1977, quando os responsáveis pelo planeamento urbano começaram a criar um plano de ruas compactas, dividindo a área metropolitana em quatro lados e proibiram os carros de passar entre cada um destes sectores.
Assim, os carros foram empurrados para as estradas que rodeiam a cidade, enquanto as bicicletas foram os únicos veículos permitidos no centro. A cidade e as mentalidades dos seus habitantes começaram a evoluir a partir daí, há inclusive, uma ciclovia exclusiva até uma das maiores lojas Ikea do mundo, sendo que a multinacional coloca à disposição dos seus clientes atrelados para bicicletas, onde as pessoas podem colocar as suas mobílias. É, de facto, uma mentalidade quase única no mundo.
Sem carros, Groningen tornou-se uma das cidades mais seguras e com melhor qualidade de ar do mundo. Uma cidade, sem dúvida, com uma enorme qualidade de vida.









terça-feira, 5 de novembro de 2013

Atributos...

Esta downhiller mostra os seus atributos...

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Red Bull Rampage 2013...

Red Bull Rampage 2013 com Kelly McGarry. A partir do minuto 1 é de loucos. Grande maluco...

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Dança da Pirikitinha...

Os nossos irmãos brasileiros é que sabem! Miúdas a pedalar e sem cuecas (calcinha)! E o resto é treta. E se a moda pega cá em Portugal? Ando de bicla todos os dias, nem que chovam calhaus.



segunda-feira, 21 de outubro de 2013

5º Trilhos S. Pedro...

A 5ª edição dos Trilhos da Mata de S. Pedro, este ano foi uma prova de resistência. Teve uma duração de 3 horas, percorria um circuito com uma extensão de 7 kms, com um acumulado em subida por volta de 240 metros. Percurso técnico e duro, que deu muita dor de cabeça aos participantes.
Muitos e bons single tracks, pontes em madeira e travessias na ribeira que com as várias passagens, foram ficando enlameadas dificultando muito a progressão dos atletas e originando algumas quedas. Descidas rápidas sinuosas e muito escorregadias e claro, muita subida. Pneus rasgados, dropout’s partidos, entre outras avarias levaram a vários abandonos.
Como se tratava de uma prova fora do calendário competitivo a organização, esmerou-se e esteve ao mais alto nível colocando ao dispor dos participantes um excelente reforço alimentar, onde não faltava a bela da chouriça assada a meio do percurso, claro, para quem ia em ritmo de passeio.
O Rui Ventura esteve presente, completou 6 voltas em 3h, percorreu 44 kms com um acumulado de 1252 mts D+, valendo-lhe o 1º lugar na sua categoria e o 4º lugar à geral, sem dúvida um excelente resultado e desta forma levando o nome do Por Maus Caminhos também ao primeiro lugar do pódio.





domingo, 20 de outubro de 2013

Maratona Vale do Cértima...

Barrô no concelho de Águeda foi local de partida para a 4ª edição da Maratona Vale do Cértima, prova que contava para o campeonato regional do centro de btt. Rui Ventura marcou presença em nome do Por Maus Caminhos e contou com o apoio de Bikerun Trainer & Lifestyle.
Maratona com 70 kms, muito dura no tipo de percurso. A altimetria total de 2000 mts de acumulado em subida, tendo nos primeiros 35 km 1600 D+. Subidas que pareciam “paredes”, sendo impossível pedalar, algumas com 25% de inclinação, muito longas, colocando à prova a boa preparação dos atletas. Quem sobe, tem que descer e aí a tarefa também não foi nada fácil. Descidas bem acentuadas, algumas perigosas, obrigando a uma concentração redobrada devido ao terreno solto, muita pedra, laje muito escorregadia e sobretudo a falta de limpeza dos trilhos por parte da organização, com muitas zonas com rama de eucalipto, paus e muito mato rasteiro que escondia vários perigos.
Em suma, foi uma maratona com um grau elevado de resistência física, bem marcada, zonas de abastecimento bem organizadas e no final um excelente almoço na companhia dos companheiros da equipa Moreira Congelados. 
Classificação final: 6º lugar na categoria Master B e 9º lugar na categoria Promoção.







sábado, 19 de outubro de 2013

Foto/pintura esquisita...

Os artistas antigos tinham visões um bocado estranhas! Gostava de perceber o significado desta pintura. Uma mulher a andar de bicicleta, embrulhada num lençol, de mamas ao léu e com um copo de vinho na mão.
Será que o artista nos queria dizer que "beber não faz mal", porque até uma moça consegue andar meia nua e sem mãos, de bicicleta. O maior perigo é se o lençol se prende na corrente ou nos raios - grande tralho.
Aceitam-se teorias.


terça-feira, 15 de outubro de 2013

E quando as biclas tinham matricula...

Ainda sou do tempo que as bicicletas tinham matricula. E tínhamos que tirar licença de condução. Por este andar o PP Coelho ainda vai voltar a este tempo e com a quantidade de gente que agora dá ao pedal, sempre saca mais uns euros à malta, para o poço sem fundo, da comandita de sanguessugas que ele lidera. Se isto vier a acontecer o responsável sou eu. 






sexta-feira, 11 de outubro de 2013

PMC no BlackBulls Marathon by Specialized...

Decorreu no passado domingo, na Vila de Pereira, a 8ª prova a contar para o regional de XCM, a BlackBulls Marathon by Specialized, com Rui Ventura e Vladimiro Casaleiro do PMC a marcarem presença.
Com a certeza que voltaremos no próximo ano, visto que o nível de organização dos BlackBulls foi elevado, aqui fica o relato da nossa participação.
Apesar do bom tempo, o percurso era muito duro, bem delineado e com single track’s divertidos. Bem sinalizado e excelente controlo nos cruzamentos por parte da policia e elementos da organização. Ao nível dos abastecimentos nota positiva, fornecendo tudo o que era preciso para hidratar e repor energia com alimentos sólidos. Positivo também o apoio à mecânica das bicicletas.
No final da prova o saldo foi bastante bom, tendo o Rui Ventura conseguido pela primeira vez um lugar no pódio, 3ª posição na categoria Master B e na geral o 38º lugar nos 85 km.
Resultado positivo para o Vladimiro Casaleiro nos 45 km, conseguindo o 17º lugar na categoria Master A e 36º na geral.






quinta-feira, 10 de outubro de 2013

APP Sports Tracker...

Desta vez analisámos o Sports Tracker. 
Programa leve, em português, muito completo, com interface fácil e de rápida compreensão. Pode ser ligado a um monitor de batimentos cardíacos exclusivo da empresa que desenvolve o programa. Este app pode ser utilizado em praticamente todas as actividades desportivas e tem uma funcionalidade pouco vista - a auto pausa, que quando programada, por exemplo com velocidade abaixo dos 5 kms/h, o registo pára. Podemos ainda tirar fotos dos wp's e ouvir música durante o percurso.
Sem dúvida um dos melhores app que utilizámos.
Classificação: 4,7.