quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Boas Festas...

O grupo POR MAUS CAMINHOS deseja um Feliz Natal e que o ano de 2015 seja como desejam.
BOAS FESTAS...


segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Imagens...

Imagens da volta no domingo de muito frio.




terça-feira, 11 de novembro de 2014

Record do mundo em bicicleta...

François Gissy bateu o record do mundo de velocidade numa bicicleta, ao atingir os 333kms/h. Eram já deste suíço os anteriores recordes, sempre numa bicla movida com motor a jacto. A proeza foi conseguida no circuito de Paul Ricard e atingiu o record ao fim de 250 metros, no passado dia 7 de Novembro.

terça-feira, 4 de novembro de 2014

PMC no Raid Terras de Almagra...

No passado domingo fomos a Almagreira, participar no 7º Raid Terras de Almagra. 500 participantes terminaram esta prova que contou uma organização excelente.
Rui Ventura: 13º master B e 38º geral
Carlos Lobo: 18º master C e 270º geral
João Amaral: 6º elites e 9º geral
Fausto Martins: 28º master B e 112º geral


domingo, 26 de outubro de 2014

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Linguetes...

Quase 15 dias sem pedalar por causa da merda dumas peças chamadas linguetes do cubo da roda traseira. E continuo à espera...


quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Ligar Londres a Lisboa de bicicleta para ajudar ...

A Ana Valinho e a Nádia Correia, enfermeiras emigrantes em Londres, estão a ligar a capital inglesa a Lisboa em bicicleta, para angariar 4500€, para uma clínica no Gana. A ideia surgiu depois de as duas ciclistas terem feito voluntariado neste país africano ao serviço da ONG Foundation Human Nature
No carro de apoio seguem as mães que ao fim de cada dia ajudam a restabelecer do cansaço.
Chegam a Lisboa no sábado entre as 14 e as 15h.
Para quem quiser doar, ajudando a atingir a verba necessária, aqui fica o link: http://www.fhnuk.org/  ou então acompanhem a viagem neste endereço: https://www.facebook.com/foundationhumannature?fref=photo
Grandes exemplos.


terça-feira, 7 de outubro de 2014

Caminhar e andar de bicla...

A Lopifit Bicicletta, é um novo conceito. Caminhar numa passadeira rolante, fazendo exercício, que carrega uma bateria que depois faz andar a bicicleta quando necessário. Bruin Bergmeester é o inventor.
Aqui fica o vídeo, da Lopifit que pode ser comprada por 1850€, aqui.

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

The Ridge...

Danny Macaskill além dum excelente rider, protagoniza videos espectaculares, caso deste The Ridge.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Powerade ION4...

Começa amanhã a Powerade ION4, prova non-stop que liga Madrid a Lisboa, num total de 750 kms. Vão participar neste evento 634 betetistas, que tentarão chegar ao Parque das Nações no menor tempo possível, num sistema de estafeta. 

Telmo Pinão, campeão nacional de C2 (ciclismo adaptado), natural de Soure e amputado da perna esquerda desde 2002, será o último da sua equipa a entrar em prova, como forma de trazer o testemunho até Lisboa. Da equipa farão parte Edgar Pinto, Hugo Sancho e Nuno Ribeiro. Para eles boa sorte, naquela que é já considerado um dos maiores eventos para amadores, amantes do btt. 
Se quiserem acompanhar a prova, passem por aqui: http://ion4nonstop.com/




terça-feira, 16 de setembro de 2014

Polémica de merda...

A FIC/UCI (federação internacional de ciclismo) considera que o equipamento da equipa feminina colombiana de ciclismo Bogota Humana-San Mateo-Solgar, desrespeita "qualquer padrão de decência". Segundo estes moralistas de merda parece que as miúdas estão despidas entre a barriga e as coxas, porque a cor do equipamento é semelhante à cor da pele. Eu acho que o equipamento é original e com cores sóbrias. E já agora, o que acham os moralistas daquele enchumaço na zona púbica das ciclistas? E se fossem à merda...


Esta betetista deve ter sido expulsa, por andar nestes preparos. 


Acho que a UCI vai proibir a publicidade a bicicletas e equipamentos em que apareçam miúdas em trajes "menores" ou poses provocatórias.
Imagens como esta devem ter os dias contados:




segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Caminhos de Santiago...

Finalmente sinalizaram os Caminhos de Santiago. E por tão pouco, faz-se muito. Haja vontade.


quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Bergmoench, para caminhar e andar de bicileta...

A Bergmoench Folding é uma bicicleta que serve apenas para descer. Transporta-se numa mochila, é dobrável, tem suspensão total, sendo que à frente tem o sistema de paralelograma, pesa cerca de 10 kgs e custa 1.500€. À e não é preciso pedalar, poupando assim os joelhos.
Para quem gosta de fazer umas subidas a pé e depois regressar ao ponto de partida por trilhos, a Bergmoench é a solução.
Se quiserem saber mais, passem por aqui.



terça-feira, 2 de setembro de 2014

Via algarviana...

A Via Algarviana (grande rota) é um percurso que atravessa o Algarve num total de cerca de 300 kms, distribuídos por 14 etapas (a pé). 
O percurso feito em btt dura cerca de 5 dias. Os trilhos percorrem a serra algarvia e atravessam 11 concelhos e está devidamente sinalizada, incluindo informação sobre alojamento.
Sem dúvida uma excelente alternativa aos dias de praia e um projecto a concretizar.
Mais informações em: http://www.viaalgarviana.org/






quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Pelo Sicó...

Gosto de pedalar pelos diversos caminhos do Sicó e este há algum tempo que o não fazia. O tempo fresco ajudava a ultrapassar as constantes subidas e algumas delas só mesmo a empurrar a bicicleta, tanta era a pedra. Por outro lado insistem em reparar os caminhos com cascalho, o que os torna perigosos, em particular as descidas.
Nesta volta um dos locais que mais gosto é o moinho de vento giratório da Serra de Janeanes e também da paisagem que daí se avista. Desilusão! O moinho está em profundo e adiantado estado de degradação. Acho mesmo que não se aguentará de pé se o vento soprar com mais força. O moinho é o retrato do país! Mas o que mais me espanta é que a entidade "Terras de Sicó", que penso ser responsável pela manutenção e conservação deste e de outros moinhos nada faça e mais, basta madeira, arame, ferro e mão de obra e isso é coisa que não falta e gratuita. Fica aqui o alerta e nós betetistas temos a obrigação de chamar a atenção para estas situações e se possível ajudar.
Ficam algumas imagens e o resultado da volta, porque aproveitei para testar a aplicação para smartphone View Ranger GPS:
Algures no meio da serra

Moinho da Serra de Janeanes

Paisagem vista do moinho

ATENÇÃO - 40 kms/h, aqui? 

A sede era muita.





segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Santiago de Compostela...

Já tinha passado ao lado, ainda não fui lá de bicla, mas estive lá (de carro). Fui a Santiago de Compostela. Muita gente. Peregrinos a pé e de bicicleta, muitos. Quando cheguei por volta das 3 horas da tarde, eram vários os grupos de ciclistas que chegavam também, principalmente espanhóis. Exaltavam com o objectivo atingido. Pela cidade vi dezenas de ciclistas que se dirigiam à catedral. Acredito que seja um passeio/peregrinação que marca, por isso também um dia não sei quando, gostaria de o fazer. Pena que a catedral estivesse em obras. Afinal não é só em Portugal, que o sentido de oportunidade é grande...




terça-feira, 5 de agosto de 2014

F1 e ciclismo, Ukyo Katayama...

Ukyo Katayama, antigo piloto de F1, está na Volta a Portugal enquanto dono do Team Ukyo, equipa que criou, dada a sua paixão pelo ciclismo.
Os treinos em duas rodas levaram-no a experiências máximas: em 2001, pedalou até ao topo da sexta montanha mais alta do mundo, o Cho Oyu, cinco anos mais tarde cumpriu o sonho de subir ao Manaslu e em 2009 foi o único sobrevivente numa tentativa frustrada de atingir o cume do Monte Fuji.
Katayama andou seis épocas na Fórmula 1 e chegou a participar nas 24 horas de Le Mans.
O objectivo da equipa japonesa passa por vencer pelo menos uma etapa.

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Danny MacAskill na Playboy...

Danny MacAskill foi à mansão da Playboy, mostrar as suas habilidades às coelhinhas.

quinta-feira, 31 de julho de 2014

As 10 melhores cidades para andar de bicla...

O ranking das 10 melhores cidades para andar de bicla são:
1.Amesterdão (Holanda)
É a principal cidade do mundo para pedalar.


2.Copenhaga (Dinamarca)
50% da comunidade local utiliza a bicicleta no dia-a-dia.

3:Portland (Estados Unidos)
Estranho uma cidade americana neste ranking, mas Portland muito tem feito neste sentido.

4.Paris (França)
Paris tem um dos sistemas de partilha de bicicletas mais impressionantes do todo o mundo, o Velib.

5.São Francisco (Estados Unidos)
Esta cidade norte-americana é conhecida pela mobilidade sustentável.

6.Berlim (Alemanha)
Na cidade alemã, 13% dos cidadãos pedala todos os dias.

7.Rio de Janeiro (Brasil)
Com 250 quilómetros de ciclovias, Rio de Janeiro é uma cidade ideal para andar de bicicleta.

8.Barcelona (Espanha)
Praia, serra, área metropolitana eclética, locais excelentes para pedalar.

9.Montreal (Canadá)
A cidade canadiana tem caminhos, faixas separadas e até ruas para as bicicletas. Tem 5.000 quilómetros de ciclovias, a chamada Route Verte.

10.Bogotá (Colômbia)
A CicloRuta da cidade é uma das mais extensas do mundo.

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Uma família de bicicleta...

Quando regressava duma volta matinal pela antiga N1, junto ao aeródromo de Cernache, cruzei-me com uma família de bicicleta. A máquina usada é uma daquelas bicicletas em que se pedala quase deitado, o pai à frente, a seguir o filho de 10, 11 anos, a seguir a mãe e num reboque um bebé. Já tinha visto várias bicicletas daquelas com um ou dois ciclistas, mas três e mais um reboque, nunca. Segui-os durante algum tempo e era incrível como nas subidas tudo parecia fácil, apesar das várias mochilas. Alvo das atenções de quem se cruzava com eles, seguiram em direcção a sul. Com muita pena minha não tirei a respectiva fotografia de tão inédito quadro. Boa viagem!
Fotografia ilustrativa


segunda-feira, 21 de julho de 2014

Pela linha da Lousã...

Há já algum tempo que queríamos percorrer a linha da Lousã. Ontem foi o dia. Infelizmente e por causa da falta de tempo só chegámos a Miranda do Corvo. O dia prometia chuva e por duas vezes baptizou-nos. O percurso só está ciclável a partir de Ceira e é feito num caminho largo onde futuramente vai ser colocada a linha (?).

Os problemas começam logo no inicio com a travessia das pontes. Para quem tiver vertigens , algumas assustam porque são bem altas e tem que se caminhar em lajes de cimento que não inspiram confiança. Claro que existe a proibição de atravessar, mas fazer este percurso, sem esta pequena dose de adrenalina não era a mesma coisa, além de que as alternativas para contornar estes obstáculos, não o são. 
Logo de inicio passa-se por baixo da nova AE. A altura dos pilares é impressionante. Como é impressionante o facto que as obras adjacentes de regularização do rio Ceira, estarem muito degradadas. Neste mesmo local o caminho quase desapareceu, tem apenas um metro de largura e ameaça ruir, provavelmente devido às ultimas chuvadas, o que significa que se o comboio estivesse em actividade, estaria parado.


O estado geral da linha é de abandono. Existe um local em que uma derrocada quase tapou um túnel. A vegetação invadiu algumas partes do percurso. As estações estão a ficar velhas. Os gatunos já roubaram tudo o que era tampa de ferro.



Gastaram-se muitos milhões nestas obras, os cinco administradores da Metro Mondego, continuam a ganhar milhares de ordenado, ajudas de custa, carros, etc, sem terem nada para fazer e assim querem continuar. As populações continuam a pagar a esta corja com os seus impostos, para não terem acesso ao básico direito de transporte. Só mesmo em Portugal!
Desta volta fica a beleza de pequenos recantos, como um parque de merendas junto a uma ribeira, ou a vista de cima da ponte mais alta.


Se esta linha der em nada (e esperamos que não), ao menos que se aproveite para fazer uma ciclovia. É só uma ideia...
Para a próxima faremos o mesmo percurso até à Lousã, subimos a serra e regressamos por maus caminhos...